terça-feira, janeiro 01, 2013

Previsões para todos os signos em 2013




O ano astrológico tem presença forte e harmoniosa do amor em oposição a uma tensão entre os planetas ligados aos conflitos e guerras


O céu do início de 2013 relembra e reverte o lema dos anos 60: assim, em vez de ‘paz e amor’, podemos esperar guerra e amor.
Para a astrologia, o ano de 2013 começa na manhã de 20 de março. É observando a posição dos planetas neste momento que temos as informações mais seguras sobre o que nos espera no novo tempo.
O clima que deve prevalecer no novo ano é muito parecido com o que marcou dezembro de 2012 : uma presença forte e harmoniosa dos signos e dos planetas que falam de amor e sensibilidade em contraste com uma fortíssima tensão entre os planetas ligados aos conflitos e às guerras.
2013 será regido por Saturno, um convite quase impositivo à reflexão. A energia do planeta regente atua com um pano de fundo para a maneira como encaramos os acontecimentos importantes do ano. Isso quer dizer que em 2013 vamos precisar repensar e redefinir qual é o nosso real padrão de necessidade. Dito de outra forma: do que nós realmente precisamos para nos sentirmos seguros?
No mapa do ingresso do Sol em Áries em 2013, que marca o início do ano astrológico, aparecem com muito destaque duas configurações:
O grande triângulo dos signos de água formado pela Lua (em Câncer), Saturno (em Escorpião) e Netuno (em conjunção com Mercúrio no signo de Peixes).
A outra configuração importante é uma quadratura em T, também formada pela Lua que, neste caso, vai estar em oposição a Plutão em Capricórnio. Por isso, a configuração terá em seu ponto central dois pesos pesados agressivos e brigões: Marte e Urano, que estão bem perto do Sol, no signo de Áries.
Vênus também está muito perto, mas no signo de Peixes, reforçando o time do paz e amor.
Somente Júpiter, em exílio em Gêmeos, fica fora das configurações que dominam o mapa. Aliás, Júpiter é o único dos planetas sociais que muda de signo durante o ano.
No final de junho, Júpiter deixa o exílio em Gêmeos e entra no signo de Câncer, onde está exaltado. Essa mudança vai melhorar muito as coisas para os poderes que ele rege: o Legislativo, o Judiciário e a Imprensa, se a considerarmos como o quarto poder.
O papel da Lua fica ressaltado, já que ela aparece nas duas configurações – o triângulo e o T. Transmite assim a ideia de que podemos nos ligar emocionalmente tanto a um circuito conflitado quanto a um harmonioso, conforme cada um preferir, ou puder.
A energia sensível e emocional dos signos de água será ancorada por Plutão em Capricórnio. A água deve fecundar a terra e os nossos sentimentos precisam se manifestar em ações concretas.
A harmonia entre Saturno, Netuno e a Lua fala de um tempo inspirado, maravilhoso para as artes e para o nosso mundo interno. Mas a quadratura em T anuncia que 2013 vai trazer as consequências dos conflitos coletivos que estão revirando o mundo desde 2008. Ela marca a luta para que surja um homem novo, atrapalhado por velhos poderes (Plutão em Capricórnio) e pelo apego às tradições (Lua em Câncer).
Essa configuração também é um aviso de que as grandes tragédias naturais vão continuar acontecendo, sem aviso e sem piedade.
Os signos cardinais – Áries, Libra, Câncer e Capricórnio – serão os atingidos mais diretamente pela quadratura. Mas eles já enfrentam essa tempestade desde 2008. Pelo menos, agora, devem se livrar das exigências de Saturno.
Os signos fixos – Touro, Escorpião, Aquário e Leão – vão passar este ano e o próximo aprendendo a lidar com Saturno, ou seja, aprendendo a crescer.
Já os signos mutáveis – Gêmeos, Sagitário, Virgem e Peixes – vão continuar às voltas com o grande Mago: Netuno. Todos estão vivendo um aumento extraordinário da imaginação. A questão é saber o que eles vão fazer com isso.
Fonte: http://delas.ig.com.br/comportamento/2012-12-24/signos-2013.html 

2013 é o Ano da Serpente


Considerada um simbolo de boa sorte na China, ano regido pelo signo da Serpente, trará amor e sabedoria, mas pede calma, reflexão e planejamento.
Para a Astrologia Chinesa, 2013 será o Ano da Serpente. Segundo os chineses, o ano novo só se inicia em 13 de fevereiro, pois eles se baseiam no calendário lunar, que dura doze meses e 29 dias, e não no calendário solar, usado aqui no ocidente e nosso velho conhecido. Cada ano lunar é regido por um signo, representado por um animal que empresta suas características àquele ano. Para os chineses, o Ano da Serpente trará uma temporada de muita reflexão, planejamento e procura por respostas. Nada muito diferente do que já é esperado com a regência de Saturno.
Mas, não pense que isso se refere a algo pesado ou difícil. A Serpente carrega consigo um aspecto positivo, de muita sorte. Para os chineses este é um animal sagrado! Será um ano em que nos sentiremos protegidos por nossa própria sabedoria. Por outro lado, embora tudo possa ter um ar fresco e calmo, o ano da serpente costuma ser sempre imprevisível.
Olhando para trás na historia, vemos que anos regidos pela serpente nunca são muito tranquilos. Muitos desastres que se iniciaram no ano do dragão (2012) tendem a culminar no ano da serpente. Estes dois signos têm uma relação muito próxima e as calamidades dos anos da serpente resultam, frequentemente, dos excessos cometidos durante o reinado dos dragões.
No amor, as notícias são boas, mas a calma deverá ser mantida! Para quem está solteiro, a Serpente promete trazer um ano de romance e cortejo. Para quem está comprometido, as brigas podem ser mais intensas, repletas de escândalos de todo o tipo, fique atento! Veja onde pisa e seja mais cauteloso. Nada de deixar o coração falar mais alto.
As pessoas nascidas no Ano da Serpente são consideradas nobres dentro da Astrologia Chinesa. Tudo devido a sua sabedoria e capacidade de compreensão. São extremamente sensuais, supersticiosas, orgulhosas e vaidosas, além de muito refinadas.
Fonte: www.zastros.com.br/previsoes/2013/astrologia-chinesa-2013-ano-da-serpente.html   

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...